QSP Consultoria de Marketing
Avenida da Boavista, 1167, 4º Andar, Sala 5 4100-130 Norte Porto, Portugal
(+351) 226108552 conferencia@qspmarketing.pt QSP Summit
Rui Ribeiro
Porto
https://qspsummit.pt/uploads/seo/big_1570016021_6903_logo.png
20 6
506901920
logoPagina

Martin Wezowski

Home | Oradores | Martin Wezowski

Martin Wezowski
Martin Wezowski

Chief Designer & Futurist

SAP’s Technology & Innovation Strategy
Martin Wezowski trabalha como Chief Designer & Futurist para a estratégia de tecnologia e inovação da SAP. Faz parte do corpo docente da Futur/IO, um instituto europeu futurista e está envolvido noutros programas educacionais. Lecionou várias disciplinas, desde UX a design sistémico, de forma a definir visões e estratégias de inovação. Neste momento está na missão de mapear, construir e inspirar um futuro em que queremos viver. Cria perspetivas futuras, conceitos, produtos, define e executa estruturas de inovação para descobrir o que é o próximo e o futuro do ecossistema fundido da SAP assim como o futuro do trabalho. Em 2017, foi nomeado uma das 100 mentes mais inovadoras da Alemanha, como o “Software Visionary” (“Handelsblatt”).
 
Antes de ingressar na SAP em 2013, trabalhou na Sony Ericsson (Suécia) como diretor criativo durante 7 anos. Também viveu em Shenzhen, na China, por 2 anos, enquanto diretor do conselho de UX da Huawei. As suas estratégias de inovação ajudaram a elevar o negócio de consumo da gigante chinesa da tecnologia do número 8 para o número 3 do mercado.
 
Frequentemente, Martin compartilha a sua paixão pelo futuro dos seres humanos e do trabalho (Duke University, como consultor da EU; e orador em várias conferências como SxSW, TEDx, Singularity University Summit, CES, Tech Open Air - TOA Berlin, HUB Berlin, DMEXCO, WEBIT Europe, Futur/IO, Ada Lovelace festival, TWIN Global Chicago, CeBIT, CES. WeAreDevelopers, Grace Hopper, Jerusalem Design Week, entre outras).
 
Desenvolve as suas aventuras internacionais na Polónia, Suécia, China e Alemanha, em empresas como a SAP, Sony e Huawei, elaborando estratégias de inovação para produtos eletrónicos, serviços de media e software de negócios. Provavelmente, existem muito poucos filmes de ficção científica que Martin ainda não tenha visto, existem centenas de florestas nas quais ele adoraria andar de bicicleta de montanha e quilómetros de recifes de coral para mergulhar. Pergunte-lhe tudo o que foi dito acima e perceberá a faísca nos seus olhos e, possivelmente, uma conversa interessante.
 
Martin fala sobre a mecânica e dinâmica da mudança. Quão rápido é? Que o que significa ser inovador e estratega é transformar-se mais rápido do que nunca, da definição e estilo clássicos de produtos superficiais, às conexões sistémicas de tudo, incluindo sistemas sociais e políticos, profundamente enraizadas num espaço de desafios e promessas entre a tecnologia de ponta e humanismo. Numa mudança digital exponencial e convergente, projetamos um relacionamento, um comportamento que o produto seguirá. Essa mudança é o nosso resumo de inovação mais importante e os riscos são altos. A tecnologia é a evolução humana que cria um playground que Martin chama de “HuManchine”, uma simbiose entre engenhosidade humana e inteligência da máquina, o que abre novos horizontes para a nossa imaginação numa época em que o “agora” nunca foi tão temporário. Juntos, precisamos de responder à pergunta “O que é humano e o que é trabalho num futuro sobre-humano?”.
• Quais são os padrões da mudança e como detetá-los?
• O que vem antes da estratégia? A visão. Como usar a imaginação para criar o futuro e encontrar a sua estratégia e proposta de valor? 
• Quais são os quatro principais fatores para o futuro do trabalho? 
• Podemos projetar o futuro? Quem é responsável por o fazer? 
• O que é o “HuMachine”? O que o faz ser diferente do estereótipo “Human vs. Machine”
calendar
DATA E HORA: 2021-01-28 11:30:00